Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Secom recebe troféu conquistado no 1º Prêmio ARI de Assessoria de Imprensa

Publicação:

51502418227 06a2faf215 k
Secretária Tânia Moreira faz agradecimento após receber prêmio do presidente da ARI, José Nunes - Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

A secretária de Comunicação, Tânia Moreira, recebeu o troféu pelo 1º Prêmio ARI de Assessoria de Imprensa, concedido à Secretaria de Comunicação do Estado (Secom-RS) pela Associação Riograndense de Imprensa (ARI). A cerimônia ocorreu na manhã desta quarta-feira (22/9) no auditório da entidade, no Centro Histórico de Porto Alegre.

O prêmio ARI destaca profissionais do jornalismo gaúcho há 63 edições e, pela primeira vez, foi criada uma edição especial para assessoria de imprensa. A Secom foi premiada com o primeiro lugar na categoria Gestão em Comunicação Pública, pelas ações na pandemia de Covid-19.

Em seu agradecimento, a secretária lembrou da busca constante pela entrega do melhor conteúdo para esclarecer a população desde março de 2020. “Eu chegava em casa todos os dias e pensava no que mais poderíamos fazer como comunicação pública para ajudar as pessoas. Era preciso saber o que fazer tanto do ponto de vista do jornalismo como da publicidade. Naquele momento, uma informação mal transmitida poderia causar danos irreversíveis”, lembrou.

Desde o início da pandemia, foram realizadas transmissões ao vivo pelas redes sociais com o governador Eduardo Leite e secretários de Estado para atualização do panorama da pandemia no Rio Grande do Sul. Também foi criado o site coronavirus.rs.gov.br, o sistema de envio de notícias pelo Whatsapp e o programa de rádio Diálogo RS, distribuído para emissoras de todo o Estado.

No canal do Youtube do governo do RS, a série de vídeos sobre o Distanciamento Controlado mostrou detalhes do sistema de bandeiras, explicando e orientado sobre as restrições em todos os setores. As campanhas produzidas pela Publicidade também tiveram papel importante no esclarecimento da população.

51503930204 b58b3013dd k
Na premiação: Thamíris Mondin, diretor Alexandre Elmi, Juliano Rodrigues, secretária Tânia, Maria Helena Ruduit e Guilherme Hamm - Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

Na relação com a imprensa, a Secom adaptou e intensificou o contato com os jornalistas e veículos de comunicação com a criação de grupos de Whatsapp e coletivas virtuais. A secretária Tânia Moreira destacou o empenho de toda a equipe da Secom e o envolvimento do governador Eduardo Leite no processo. “Só podemos fazer o jornalismo que fazemos porque temos um governador que valoriza o trabalho da Secom e da imprensa. Esse prêmio nos emociona e mostra que estamos no caminho certo. É a prova de que os governos podem fazer um trabalho transparente, com ética e empatia”, afirmou.

O júri do prêmio foi formado por jornalistas da Rede Bandeirantes, Correio do Povo, Gazeta do Sul, Grupo Sinos, Jornal do Comércio, Rede Pampa e Zero Hora, além de representantes do Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina (Conrerpr da 4ª Região), da Associação Riograndense de Propaganda (ARP) e da ARI.

O diretor de Jornalismo da Secom, Alexandre Elmi, a coordenadora do Núcleo de Áudio e Vídeo, Maria Helena Ruduit, e o ex-diretor de Imprensa Juliano Rodrigues acompanharam a secretária Tânia Moreira na cerimônia de premiação.

Texto: Thamíris Mondin
Edição: Marcelo Flach/Secom

Mais notícias

Secretaria de Comunicação do Estado do Rio Grande do Sul